SUPLEMENTO ALIMENTAR PARA EMAGRECER: FUNCIONA OU NÃO?

Quando o assunto é emagrecer, o que não falta é a diversidade de métodos sobre o tema. E ultimamente o uso de suplementos é a maneira mais procurada na hora de diminuir o peso. Segundo a ANVISA, suplementos alimentares são produtos destinados apenas para suprir carências nutricionais do organismo, com características idênticas ao alimento. Ou seja, eles não promovem eliminação de peso sem dieta nem prática de atividade física, nem muito menos redução da gordura corporal.

Segundo a nossa nutricionista, Gabriela Marcelino, qualquer tipo de suplemento deve ser prescrito pelo médico e pelo profissional de nutrição, para cada situação e de acordo com as características bioquímicas do indivíduo, o especialista de saúde saberá como proceder. “Uma boa dica para quem precisa aumentar a saciedade de forma natural e precisa emagrecer é a utilização das fibras naturais, dos tipos, farelos de aveia e trigo, farinha de maracujá, beterraba, mamão, entre outras”, acrescenta a nutricionista. Gabriela ainda ressalta o cuidado na hora de usá-los. “Desconfie se o produto for “bom demais para ser verdade”! Ter um corpo definido e emagrecer nem sempre é rápido ou fácil, principalmente de forma saudável”.

Muitos suplementos não estão regularizados no Brasil e por isso, a ANVISA dá dicas na hora de identificá-los:

· Promessas milagrosas e de ação rápida, como “Perca 5 Kg em 1 semana”

· Indicações de propriedades ou benefícios cosméticos, como redução de rugas, de celulite, melhora da pele etc.

· Indicações terapêuticas ou medicamentosas, como cura de doenças, tratamento de diabetes, artrites, emagrecimento, etc.

· Produtos rotulados exclusivamente em língua estrangeira;

· Uso de fotos de pessoas hiper-musculosas ou que façam alusão à perda de peso;

· Comercializados em sites sem identificação da empresa fabricante, distribuidora, endereço, CNPJ ou serviço de atendimento ao consumidor.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta