Série Fitoquímicos: Isotiocianato

O nome não é dos mais fáceis ou mais bonitos, mas essa substância, presente em alimentos como o agrião, brócolis, repolho e mostarda, deve ser reconhecida por sua importância para o organismo.

Trata-se de um óleo que estimula o fígado a produzir a bile, secreção capaz de quebrar as moléculas de gordura das comidas.

No corpo, seu efeito também é sentido nas vias aéreas, pois o isotiocianato pode ajudar a diluir o muco produzido durante infecções respiratórias.

Vale lembrar que, antes do consumo, as folhas que contêm essa substância devem ser muito bem lavadas.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta