TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Dicas saudáveis

Saladas de verão: seus benefícios e perigos, por Gabi Marcelino

Prato de salada com folhas, vegetais e legumes As saladas ou mixes de vegetais são alimentos extremamente importantes para o bom funcionamento do nosso organismo. Folhosos, brotos, raízes, frutas, legumes e verduras são alimentos fontes de vitaminas e minerais (micronutrientes), além de fibras solúveis e insolúveis. Nosso corpo não produz estes micronutrientes e por isso é necessário adquiri-los através da alimentação, consumindo vegetais com frequência. As fibras têm papel fundamental no funcionamento intestinal e controle do apetite, entre outros benefícios. Se você deseja fazer sua própria salada em casa, terá que ter alguns cuidados extras para que tudo dê certo.

Como fazer uma salada equilibrada

Faça um cardápio com as saladas que você gostaria de consumir durante a semana. Lembre-se que variedade é importante. Com este cardápio você poderá facilmente fazer a lista de compras. Na hora da compra, escolha sempre os vegetais mais frescos. Cuidado com a quantidade, para não ter sobras. Com os vegetais já em casa, você pode separá-los para começar a preparação das saladas. Faça uma pré-lavagem de todos eles, assim você vai retirar as sujidades e eliminar a proliferação de fungos. Depois mergulhe os vegetais por 15 minutos em uma solução sanitizante, tomando cuidado para que fiquem submersos. Em seguida, enxágue. Para acelerar o resfriamento do vegetal, você pode enxaguar com água gelada, assim ele vai entrar na geladeira numa temperatura mais próxima da temperatura do ambiente. É mais garantido comprar o sanitizante, porque não dá para controlar o nível de cloro residual com o uso do hipoclorito em casa. Aproveite este momento e, com a água que você higienizou os vegetais, lave a gaveta da geladeira onde você vai armazená-los. O próximo passo é secar os vegetais com um pano seco e adequado. Já os folhosos precisam ser centrifugados para durar mais tempo. O armazenamento pode ser em potes ou sacos plásticos. Agora você terá os vegetais todos prontos para montar as saladas da semana.
Dica da Gabi: Para vegetais crus (como a cenoura) você pode usar a técnica do branqueamento, que consiste em branquear em água próxima da fervura por 1 minuto, resfriando em seguida. Assim o escurecimento será retardado.

Montagem das saladas

Você pode preparar as saladas por dia ou montar a salada no pote. Neste caso, prepare uma água para sanitizar os potes e tampas e deixe-os por 15 minutos nesta solução (pode ser a mesma marca usada para os vegetais). Após esta etapa, borrife álcool a 70% (sete partes de álcool para três de água) nos potes e tampas, utensílios, facas e em suas mãos. Espere secar. Corte, descasque e pique de acordo com o seu gosto. Os folhosos devem ser rasgados na mão para retardar a oxidação. Adicione os vegetais nos potes e armazene imediatamente na geladeira. Os vegetais mais densos devem ser colocados no fundo e os mais leves por cima. Eles terão em média de 3 a 5 dias de validade. Leguminosas (como feijões, lentilhas etc) devem entrar nos potes já refrigerados. Nunca acrescente ingrediente quente ou morno no pote. Se desejar acrescentar alguma proteína a validade da salada vai diminuir. Outra dica é acrescentar o molho só na hora do consumo. Você pode fazer vários potinhos com os molhos da sua preferência na porção para único consumo e congelar, descongelando de véspera. Se você preferir comprar a salada pronta, pesquise as diferentes marcas. Peça visita nas fábricas, fique atento com os rótulos e, na dúvida, entre em contato com o atendimento ao consumidor. Quanto aos agrotóxicos, nenhum processo (até o momento) de limpeza vai retirar totalmente os agrotóxicos dos vegetais. A dica é retirar as cascas e consumir os vegetais da época, além de comprar em locais seguros.
Gabi Marcelino

Nutricionista responsável da Congelados da Sônia, cuida da qualidade de nossas gostosuras com muita dedicação e carinho. Especialista em Gestão da Segurança de Alimentos na Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas pelo Instituto Senai.


Fontes: Embrapa: https://www.embrapa.br/busca-geral/-/busca/minimamente?buscaPortal=minimamente Ital: http://www.ital.sp.gov.br/busca.php?q=minimamente Guia alimentar para a população brasileira: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/guia_alimentar_populacao_brasileira_2ed.pdf Abrasco: http://www.abrasco.org.br/dossieagrotoxicos/wp-content/uploads/2013/10/DossieAbrasco_2015_web.pdf
compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Light ou diet? Eis a questão de muita gente que deseja emagrecer

Outra dúvida muito comum entre os que não veem a hora de perder uns quilinhos e ficar com a saúde em dia e de bem com a pró

Leia mais

Cardápio Saudável para a Melhor Idade

A dieta saudável está indicada em todas as idades, mas é um fator ainda mais importante para a terceira idade. Pensando nessa

Leia mais

Que adoçante devo usar?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre que tipo de adoçante devem usar. Também é comum ouvir comentários sobre ev

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00