Saiba mais sobre o Glúten

Depois de ir ao supermercado e olhar nos rótulos das embalagens, surgem algumas dúvidas: o que significa “glúten”, esse nome que aparece em quase todos os produtos? Por que o rótulo vem especificando se contém ou não? Ele faz mal à saúde?

O que é glúten?

O glúten é uma proteína presente no trigo, cevada, aveia, centeio, malte e nos derivados de cada um deles. Esta proteína é a responsável por deixar o pão fofinho e é utilizada no preparo de diversos produtos como massas, biscoitos, chocolates e achocolatados, entre muitos outros. Ela também está presente em algumas bebidas, como a cerveja, vodca e uísque.

Por que no rótulo dos alimentos existe a informação “contém glúten” ou “não contém glúten”? Trata-se de uma lei instituída em 1992 estabelecendo que todos os produtos alimentares devem trazer esta advertência, a fim de alertar os portadores de doença celíaca. Em 2003, outra lei foi sancionada e a partir dela, todos os alimentos industrializados devem conter em seu rótulo e bula, obrigatoriamente, as inscrições “contém Glúten” ou “não contém Glúten”, conforme o caso.

A exclusão do glúten da dieta é fundamental para os portadores de doença celíaca, uma reação adversa do sistema imunológico que ocorre em indivíduos com predisposição genética. O celíaco pode apresentar uma série de sintomas decorrentes da atrofia das vilosidades intestinais.  Carências nutricionais por conta da má absorção, inchaço abdominal,  diarréia e sintomas extra-intestinais diversos, como por exemplo:  enxaqueca, baixa estatura sem causa aparente, atraso no desenvolvimento puberal, irritabilidade ou depressão, dores nas articulações, aftas recorrentes na boca, dermatite herpetiforme (erupções na pele) e fraqueza. Os sintomas podem aparecer juntos ou isolados, e de maneira mais agressiva ou branda.

Por outro lado, existe também a chamada sensibilidade ao glúten não celíaca, ou seja, sintomas que ocorrem sem que haja o diagnóstico de doença celíaca e que respondem à retirada do glúten da dieta. Pessoas que relatam distensão abdominal, diarréia, dores de cabeça, entre outros sintomas, e melhoram quando retiram alimentos que contêm glúten da alimentação.

Se você é celíaco ou tem sensibilidade ao glúten, irá se beneficiar da sua  retirada da dieta. Temos com muitas opções de  refeições sem glúten. São pratos de carne, aves, peixes, sopas e até massas sem glúten para compor uma cardápio variado, delicioso e perfeito para atender a tal restrição.

Confira: http://bit.ly/PratosSemGluten

Postagens Relacionadas

2 Respostas

  1. sheila luna freire
    | Responder

    Gostei desta dica, eu nao conhecia nada sobre esse assunto.

    • Congelados da Sônia
      | Responder

      Obrigada, Sheila!

      Fique ligada nos próximos posts, estamos selecionando temas bem legais ;D

      Att,
      Equipe Congelados da Sônia

Deixe uma resposta