logoblog

Ovo: ex-vilão é, na verdade, um alimento riquíssimo e bem-vindo à mesa

Acusado durante muitos anos de prejudicar o coração, o ovo saiu do “banco dos réus” há bem pouco tempo. Pesquisadores contestam hoje a relação direta entre o seu consumo e o aumento das taxas de gorduras nocivas.

Mas, de qualquer forma, não é todo mundo que pode incluir ovo no prato todo santo dia. Pessoas com problemas ou histórico de colesterol alto devem consumi-lo com parcimônia, de preferência com a orientação de um nutricionista ou um médico.

Do ponto de vista nutricional, o ovo é quase tão completo quanto o leite materno. Rico em zinco, selênio, ferro, sódio, potássio, vitaminas A, E e as do complexo B, ele é bem-vindo no prato de grávidas, atletas e pessoas que estão se recuperando de algum mal.

O alimento também apresenta doses altas de colina, substância essencial para o sistema nervoso, que estimula a memória e a concentração.

Para completar, ele protege a visão, pois contém zeaxantina e luteína, capazes de ajudar a prevenir problemas como a catarata.

Na hora de consumir esse alimento tão importante, dê preferência às opções mais leves, como, por exemplo, ovo cozido na água.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta