logoblog

O que incluir em seu cardápio semanal?

Muitas vezes quando chegamos no final do dia percebemos a quantidade de tarefas que desempenhamos, e diante de todas essas demandas é difícil conseguir separar um tempo para preparar as refeições.

O processo de fazer uma refeição envolve muitas etapas, que vão desde a definição do cardápio, a escolha dos alimentos e ingredientes necessários no supermercado e somente depois disso o preparo das refeições em casa.

Mas, outro aspecto importante no cardápio semanal são os nutrientes e componentes que devem fazer parte dele, que precisam ser balanceados para fornecerem energia, disposição e um bom processo de digestão, por exemplo.

Neste artigo, separamos algumas dicas essenciais de como organizar um cardápio semanal bem equilibrado e saudável.

Continue a leitura!

Mas afinal, o que é considerado um prato equilibrado?

É comum nos depararmos com a ideia de consumir mais saladas, vegetais e preferir alimentos menos industrializados.

A mídia e as redes sociais são os principais meios de comunicação que compartilham essas informações e apesar de serem relevantes, em alguns casos, elas acabam não explicando a fundo o que significa determinado conceito que está sendo compartilhado.

Prato equilibrado, por exemplo, o que isso quer dizer?

É necessário entender, primeiramente, que o corpo humano precisa de alimentos balanceados que tenham carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e fibras.

O indicado é que um prato equilibrado tenha:

  • Carboidratos: arroz (integral, 7 cereais, vermelho, negro, branco), batata (inglesa, doce), mandioquinha, mandioca, milho, macarrão (branco, integral);
  • Proteínas: carne magra, frango, peixe, ovos (omelete, cozidos, mexidos);
  • Gorduras: óleo para preparar os alimentos, azeite para a salada;
  • Vitaminas, minerais e fibras: hortaliças cruas e cozidas, frutas.

Como montar o prato ideal

Agora que já mencionamos os grupos alimentares, um prato ideal pode ser montado da seguinte maneira:

  • Metade do prato (50%) deve ser composta por salada (folhas e vegetais);
  • A quarta parte (25%) do prato deve conter o carboidrato;
  • O restante (25%) do prato deve ser dividido entre proteína de origem animal e vegetal.
  • Com essa orientação é possível variar nas combinações e preparos, mas sempre respeitando as quantidades.

Conte com a praticidade de refeições congeladas

Como mencionamos anteriormente, o preparo de refeições é complexo, leva tempo e demanda um conhecimento específico que envolve uma série de etapas.

E como você acompanhou na leitura do texto até aqui, existe uma quantidade adequada de componentes em um prato recomendados para uma alimentação balanceada e saudável.

Uma alternativa para isso é investir em refeições congeladas de marcas confiáveis, com processos de preparo rigorosos e com uma seleção criteriosa de ingredientes e alimentos.

A Congelados da Sônia atua desde 1986 no ramo de comidas congeladas e desde então oferece uma série de kits para os mais variados objetivos.

Independentemente da prioridade do cliente, cada prato é preparado com carinho e feito para oferecer mais praticidade no dia-a-dia.

Para cardápio mensal existem diversas opções:

  • Kit Refeições Dia a Dia com Bolo de Batata, Mini Hambúrguer com Arroz Integral e Brócolis, Sopa de Batata com Agrião e muito mais;

kit dia a dia

  • Kit Funcional semana 1 com Feijão Azuki com Arroz e Frango Grelhado, Bobó de Frango Fitness, Curry de Legumes Low Carb e muito mais;

kit funcional 1

kit reeducação alimentar
Deixe a sua rotina mais organizada e saborosa com as refeições congeladas da Congelados da Sônia!

Acesse o nosso site para conhecer outros pratos.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta