O açúcar e o seu consumo consciente

Brigadeiro, bem-casado, cocada e muitas outras guloseimas são irresistíveis para quase todas pessoas, mas não se deixe levar apenas pelo desejo, por trás de todo o sabor pode existir um problema: a quantidade de carboidratos cristalizados. O excesso de açúcar, como é mais conhecido, é um dos principais vilões da alimentação saudável, seu consumo de forma irresponsável pode ocasionar inúmeros problemas para saúde.

Entre os cuidados que devemos ter com o grande consumo de açúcar é a obesidade e o sobrepeso, ambos colaboram decisivamente para o surgimento de outras complicações, como o diabetes, hipertensão, síndrome metabólica, entre outros. Além disso, seu consumo inadequado na infância pode desenvolver cáries, hiperatividade e obesidade.

A dica, para os que não deixam os doces de lado, é variar o consumo deles, alternando com frutas frescas, sobremesas dietéticas e doces de linha light. É muito importante evitar sobremesas açucaradas no dia a dia. Outra dica importante é procurar não descontar o estresse em doces e manter as refeições do dia de forma regular, isso ajuda a não cair na armadilha de procurar os doces em momentos de estomago vazio.

O açúcar deve ser evitado ou, ao menos, consumido de forma responsável, em todas as faixas etárias. As crianças devem substituí-lo por frutose ou o açúcar mascavo de boa marca, mas mesmo assim sem excessos, já os adultos devem variar entre o mascavo e os adoçantes artificiais, de preferência alternando entre as diferentes marcas. Vale lembrar que o mascavo também possui calorias e deve ser consumido com critério por quem faz controle de peso e evitado pelos diabéticos.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta