Natal saudável e sustentável, por Gabi Marcelino

Mãos de um menino segurando globo de vidro de Natal

Natal é época de confraternização. Festas no trabalho, com a família, época de amigo oculto e de muitas comidinhas saborosas com gosto de festa! Precisamos mesmo comemorar, comemorar a vida, a amizade e o próprio espírito de Natal.

Toda comemoração tem comida envolvida. Nossos sentimentos estão diretamente ligados a ela. Sabemos que, para quem está em fase de controle de peso, é uma época de certos cuidados com a alimentação, mas sem extremismo. O mais importante é mudar a qualidade nutricional do que vai ao prato e não sofrer com isso.

Programe-se: em comemorações já programadas, é ideal fazer uma alimentação diferenciada ao longo do dia. Escolha lanches leves e abundantes em frutas e vegetais e hidratar o corpo.

Escolha: na hora de escolher os petiscos e/ou refeições, opte por versões grelhadas, assadas ou cozidas. Evite as frituras e neste momento modere nas frutas e sementes oleaginosas, versões secas como ameixa, damasco, passas, etc.

Modere: cuidado com as bebidas alcoólicas. Comemore sem exagerar e para cada copo ou dose, consuma uma dose parecida de água. Assim você não desidrata e reduz a chance de ter dores de cabeça no dia seguinte.

Dicas de Natal da Gabi

  • Mastigue muito bem os alimentos para que o estômago receba-os sem esforços redobrados. Cada órgão deve fazer seu papel e o da boca é triturar e liberar substâncias na hora da mastigação.
  • A alimentação colorida é um ótimo caminho para ofertar ao organismo todos os nutrientes necessários ao bom funcionamento do corpo. Tente montar o prato incluindo folhas e legumes verdes, amarelo-alaranjados, vermelhos, roxos e brancos, lembre-se que quanto mais colorido mais nutritivo.
  • O bacalhau é super indicado, chester ou peru também são ótimas proteínas, lembrando de retirar a pele e gordura aparentes. Cuidado com os acompanhamentos calóricos e na hora da sobremesa, escolha um pedaço de seu doce preferido e tenha prazer em comê-lo.
  • Volte ao seu processo de reeducação alimentar logo no dia seguinte, e lance mão dos outros aliados para manter a forma, como a atividade física.

Para finalizar que tal organizar seu Natal de forma sustentável?!

Pequenos gestos podem ajudar e muito a diminuir as montanhas de lixo nos centros de tratamento de resíduos. Em épocas festivas, o volume de lixo gerado aumenta significativamente. São várias sacolas, embrulhos de presentes e embalagens de gêneros alimentícios. Uma primeira ação para um natal consciente é criar uma lista de Natal. Desta forma, você se controla e somente tem o que precisa.

Se não existe no seu bairro a coleta seletiva, você poderá colaborar com o planeta pelo menos separando duas lixeiras na sua casa:

  • Uma para o lixo orgânico e úmido, tais como, restos de alimentos, cascas de frutas, papel higiênico, resíduos que não poderão ser reutilizados e reciclados;
  • E outra para o lixo que pode ser reutilizado ou reciclado, tais como, embalagens plásticas, vidro, papel e papelão, latas, entre outros.

Esse material/resíduo seco, não pode conter restos de alimentos, por isso a separação deve ser bem criteriosa. Outra dica é utilizar sacos de lixo transparentes, para tornar a identificação do conteúdo mais fácil pelo catador.

Reduzir

Consumir somente o necessário.

Consumir produtos reutilizáveis.

Consumir produtos mais duráveis.

Reutilizar

Reaproveitar materiais.

Fazer circular materiais que ainda possam servir a outra pessoa.

Usar embalagens retornáveis.

Desenvolver e apoiar atividades de recuperação e conservação.

Estimular a reciclagem

Separando o lixo seco do lixo úmido.


Gabi Marcelino

Nutricionista responsável da Congelados da Sônia, cuida da qualidade de nossas gostosuras com muita dedicação e carinho. Especialista em Gestão da Segurança de Alimentos na Cadeia Produtiva de Alimentos e Bebidas pelo Instituto Senai.

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta