Intolerância à lactose: o que é e quais os principais sintomas?

Intolerância à lactose é um termo que, eu tenho certeza, você já ouviu falar ou conhece alguém que tem. Mas você sabe, ao certo, o que é esse nutriente do leite?

A lactose é um tipo de açúcar exclusivo do leite que para ser bem aproveitado precisa ser quebrado em duas moléculas: galactose e glicose. E esse processo só é possível na presença da enzima lactase.

É justamente a ausência ou baixa concentração da lactase no organismo que provoca a intolerância. O açúcar do leite, então, se acumula no intestino, onde acaba sendo fermentado pelas bactérias do ambiente, provocando o mal-estar.

Os principais sinais da intolerância são:

  • Dor e inchaço abdominal;
  • Diarreia;
  • Gases;
  • Azia;
  • Náusea e dor de cabeça.

Tipos de intolerância à lactose

 1. Intolerância primária

A intolerância primária é a redução na produção da lactase à medida que envelhecemos, chegando a níveis baixos que não suprem a necessidade do próprio organismo frente à lactose.

2. Intolerância secundária

A secundária é quando o organismo deixa de produzir a quantidade normal de enzima devido a alguma doença ou cirurgia. Doença celíaca, gastroenterite e doença de Crohn são condições que podem levar à intolerância.

3. Intolerância congênita

E por último e mais rara, a congênita. É uma característica genética que gera deficiência total de lactase no organismo.

Diferença entre intolerância e alergia à lactose

Não confunda intolerância com alergia.

A primeira se caracteriza pela dificuldade de quebrar a lactose, enquanto a outra é uma resposta exagerada do organismo a uma proteína específica do leite da vaca.

A alergia gera manchas, inchaço nos lábios, coceira, tosse, falta de ar e não permite nenhum consumo de leite e derivados.

Não há como prevenir a queda da produção da lactase, mas um bom funcionamento do intestino pode ajudar.

Por isso, invista em um cardápio com verduras, frutas e cereais integrais que facilitam o trânsito intestinal.

Se você for intolerante à lactose, sua dieta deverá ser restrita neste açúcar, podendo ser utilizado alimentos com a adição da enzima lactase, os famosos Lac Free, ou com o consumo desta enzima em forma de cápsulas quando você consumir leite e derivados.

Outra excelente alternativa para os intolerantes à lactose é substituir o leite de vaca por leite vegetal de amêndoas, coco, castanha de caju ou até mesmo soja.

Já existem inúmeras opções no mercado de queijos e iogurtes veganos, que são uma ótima escolha.

Caso você apresente os sintomas descritos acima, procure um gastroenterologista para diagnóstico da intolerância à lactose e um nutricionista para ajuste da sua alimentação!

Aonde encontrar marmitas congeladas sem lactose?

Muitas pessoas com dietas restritivas, como intolerância à lactose ou ao glúten, por exemplo, têm dificuldades para manter uma alimentação saudável no dia a dia.

Seja por falta de tempo ou mesmo falta de habilidade na cozinha, uma das opções mais indicadas por nutricionistas é comprar marmitas congeladas, o que assegura a qualidade dos nutrientes e a variedade de pratos.

Em minhas consultas, sempre procuro oferecer soluções práticas para os pacientes que desejam alcançar os resultados esperados.

A Congelados da Sônia é uma empresa que eu confio e indico para os meus pacientes que possuem intolerância à lactose, pois oferecem pratos saborosos e saudáveis que facilitam a rotina.

No site você pode filtrar e conferir todas as opções de pratos individuais e kits sem lactose e sem glúten que ajudam a manter uma dieta equilibrada e saudável. Acesse o site e conheça!

Nutricionista Maria Clara Pinheiro
Especialista em Nutrição clínica, esportiva e fitoterapia
Mestre e Doutora em Ciências
Telefone : 21-993431442
Instagram: @nutrimariaclarapinheiro

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta