Dieta detox: o que é e como funciona

A dieta detox é muito utilizada para favorecer a perda de peso, ajudando muito na diminuição de retenção de líquidos, que são eliminados ao “desintoxicar” o organismo.

Na verdade se trata de um protocolo que pode ser usado por curtos períodos de tempo com o objetivo de ingerir alimentos ricos em nutrientes e que não sejam potencialmente tóxicos ao nosso corpo.

O principal objetivo da dieta detox é aumentar o consumo de alimentos mais naturais (preferencialmente orgânicos), evitando assim os produtos industrializados, que são ricos em sal, gordura, aditivos alimentares, entre outras substâncias prejudiciais ao nosso corpo classificadas como “xenobióticos”.

Nesse contexto, é importante destacar que os aditivos utilizados pela indústria alimentícia não são inertes e atrapalham o funcionamento adequado do organismo, inclusive do fígado, já que é este órgão que precisa metabolizar e eliminar todas as substâncias “tóxicas” que ingerimos.

Dessa forma, alguns alimentos escolhidos para “desintoxicar” o organismo são:

  • Legumes;
  • Verduras;
  • Frutas;
  • Carnes magras, como peito de frango e peixe;
  • Leguminosas, como lentilha e feijão;
  • Cereais, como arroz integral.

Além disso, é aconselhável a ingestão de muita água e alguns chás, como o de alcachofra, que ajuda o fígado a realizar as suas funções adequadamente.

Alguns alimentos que não devem ser ingeridos nesse protocolo de detox são:

  • Bebidas alcoólicas;
  • Alimentos açucarados, como doces, bolos e sobremesas;
  • Embutidos, como salsicha, peito de peru, linguiça, bacon, presunto e salame;
  • Café e bebidas com cafeína, como chá verde e chá preto;
  • Leite de vaca e derivados;
  • Produtos industrializados em geral;
  • Alimentos produzidos à base de farinhas, como pão, macarrão, bolo e massas.

É interessante que esse tipo de dieta seja feito com o acompanhamento de um nutricionista, para que haja um equilíbrio no consumo de nutrientes.

Dietas detox muito restritivas e que são realizadas por longos períodos de tempo ou de forma repetitiva podem levar ao aparecimento de efeitos secundários, como a deficiência de algumas vitaminas e minerais.

É importante destacar que, após a realização do protocolo da dieta detox, é interessante manter uma alimentação saudável e equilibrada, com refeições ricas em frutas, legumes, verduras e cereais integrais, pois esses alimentos vão atuar desintoxicando o organismo de forma contínua.

Dra. Adriana Gomes
Titulação: Doutora em alimentação, nutrição e saúde
Mestre em saúde coletiva
Pós-graduada em nutrição clínica funcional
Especialista em fitoterapia funcional
Especialista em nutrição clínica
Especialista em segurança alimentar e qualidade nutricional

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta