TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Alimentação

Dieta antigripal: Descubra quais alimentos consumir

Durante as baixas temperaturas é super comum sentir uma queda na imunidade, pois nós acabamos comendo mais comida cozida, gorduras e lactose do que alimentos crus. Por isso cuidar da saúde no inverno é muito importante porque além de desfrutar das delícias que as estações mais frias podem oferecer você precisa repor os pré-bióticos e pró-bióticos do seu organismo.

De uns tempos para cá, o consumo de uma dieta de alimentos exclusivamente crus entrou na moda, com a suposição de que ela seria mais saudável do que qualquer outra. Será mesmo verdade? Se você quer saber mais sobre a Dieta Antigripal, quais alimentos podem te ajudar a manter o corpo sempre saudável continue lendo esse artigo! Porque nós vamos te ensinar mais sobre o tema.

Estou gripado e quero saber: “Por que comprar remédios antigripais não é recomendado?”

De acordo com o DECO — Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, esses medicamentos combinam substâncias ativas, incluindo anti-histamínicos, descongestionantes, paracetamol ou ácido acetilsalicílico, vitamina C e cafeína. Podem ser comprados sem receita médica, mas não são recomendados, pelas seguintes razões:

  • têm vários princípios ativos, logo o risco de efeitos adversos é maior, sem aumento de eficácia;

  • podem incluir uma substância contraindicada para o paciente, que pode tomá-la sem perceber;

  • existe a possibilidade de sobredosagem, se tomar outro medicamento com um princípio ativo presente no antigripal;

  • se o doente não apresentar todos os sintomas que o fármaco trata, acaba por tomar medicamentos sem necessidade;

  • a dose de certas substâncias é inferior à recomendada.

#Dica de saúde da Sônia: Consulte sempre seu médico antes de tomar qualquer medicamento, evite a automedicação. A melhor maneira de cuidar da sua saúde não são remédios para os sintomas, mas sim reforçar o sistema imunológico através de uma alimentação correta e saudável.

Como obter pela natureza?

Agora você deve estar se perguntando: se não posso me auto medicar durante a gripe, quais alimentos podem ajudar a melhorar? De acordo Terapeuta Natural Márcia Lacerda, do blog Medicina Natural o primeiro passo é hidratar-se, pois isso irá “manter as suas vias aéreas úmidas os vírus vivem melhor em ambientes secos.” Há ressalvas também quanto a temperatura. Evite água gelada, se possível ingira apenas água mineral.

A terapeuta aponta ainda que existem diversos “alimentos que estimulam a ação do sistema imunológico e potencializam seu funcionamento”, e aqueles que vem ser evitados. Confira dicas do que fazer durante a Dieta Antigripal:

  • Evite leite, principalmente se estiver resfriado ou com sinusite, pois o ele produz muito muco e dificulta a cura;

  • Iogurte natural de Kefir é uma ótima alternativa de probiótico;

  • Inclua bastante cebola fresca e crua, ela ajudará a eliminar as bactérias;

  • Use e abuse do alho que é excelente pré-biótico. Se você não gosta do sabor experimente as suas versões em cápsulas;

  • Coloque na sua alimentação alimentos ricos em caroteno, tais como cenoura, damasco seco, beterraba, batata doce cozida, espinafre cru, couve e alimentos ricos em zinco;

  • Adote uma Dieta Vegetariana durante a gripe;

  • O cogumelo Shiitake também é um excelente anti-viral, assim como o chá de gengibre que destrói o vírus da gripe;

  • Fique longe de alimentos ricos em gordura, tais como carnes vermelhas e derivados pois eles deprimem o sistema imunológico);

  • Evite óleo de milho ou de soja que são óleos vegetais poli-insaturados.

#Dica de higiene da Sônia: Mantenha suas mãos sempre bem limpas e evite a contaminação.

Cozinhar alimentos os tornam mais antioxidantes

Esse ponto diz que alimentos cozidos passam a ter uma quantidade mais de antioxidantes, como o betacaroteno e a luteína. O betacaroteno é um poderosíssimo antioxidante, que quando está no nosso corpo se transforma em vitamina A. Já o licopeno é mais facilmente absorvido em alimentos cozidos do que em alimentos crus. Ele ajuda a combater o risco de cardiopatias e câncer de próstata. Confira os dados a respeito:

“Estudos mostraram que cozinhando tomates você reduz a quantidade de vitamina D em 29%. No entanto, em compensação, duplica a quantidade de licopeno. Essas pesquisas indicam que eles se tornarão mais nutritivos depois de cozidos, e não o contrário. Além disso, outras análises indicaram que o cozimento de alimentos torna os seus antioxidantes mais fortes. E isso especialmente em vegetais e legumes, como cenouras, brócolis e abobrinha.”

Vale dizer que a importância dos antioxidantes para o organismo é enorme. Especialmente porque eles conseguem combater moléculas conhecidas como radicais livres, que causam danos às células, abrindo a porta para o desenvolvimento de doenças crônicas graves.

Afinal, devo consumir mais alimentos crus ou cozidos?

Isso vai variar de comida para comida. Não existe uma dieta que seja perfeita se nela as palavras de ordem não forem equilíbrio e variedade. Sendo assim, existem alimentos que vão bem cozidos e outros que podem ser consumidos crus, sem problema nenhum. Confira a lista elaborada pela Doutor Nature:

Alimentos mais saudáveis crus:

  • Brócolis – quando são consumidos crus têm três vezes mais sulforafano do que cozidos. Esse composto é excelente, pois ajuda no combate ao câncer;

  • Repolho – quando é cozido não tem os compostos que combatem a enzima mirosinase, presentes na sua composição. Então no caso dele ser cozido, é melhor que isso seja feito em períodos bem curtos;

  • Cebolas – quando consumidas cruas possuem agentes que contribuem para a prevenção de doenças cardíacas;

  • Alho – Têm um composto de enxofre quando está cru que não continua lá quando é cozido. Esse composto é anticancerígeno.

Alimentos mais saudáveis cozidos:

  • Aspargos – quando cozidos têm suas paredes celulares fibrosas mais maleáveis, se tornando mais ricos em ácido fólico e vitaminas A, C e E;

  • Cogumelos – quando cozidos conseguem degradar um composto conhecido como aghartina, que é cancerígeno. A partir do cozimento eles liberam um excelente antioxidante;

  • Espinafre – possui nutrientes como o ferro, o magnésio, o cálcio, e o zinco, que se tornam muito mais disponíveis a partir do seu cozimento;

  • Tomates – quando cozidos passam a ter um oxidante maravilhoso, conhecido como licopeno;

  • Cenouras –  quando cozidas contém muito mais betacaroteno do que uma cenoura crua;

  • Batatas – quando cozidas são mais facilmente digeridas do que uma batata crua;

  • Leguminosas – quando estão cruas possuem toxinas, que podem fazem mal à saúde;

  • Carne, peixe, frango e ovos – quando crus possuem bactérias e microorganismos extremamente danosos ao organismo, que podem causar doenças e matar.

Equilíbrio e variedade na alimentação são as melhores alternativas!

Comidas cruas não são necessariamente mais saudáveis que comidas cozidas. Isso depende de cada alimento e da sua composição. Em alguns casos, o alimento cru é melhor e em outros ele pode ser fatal. Por isso é preciso manter o cuidado e estar atento ao que você come. Se você quiser consumir alimentos que são cuidadosamente preparados e selecionados experimente os cardápios da Congelados da Sônia temos certeza que algum Kit será perfeito para você.

 
compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Esclarecimento sobre o uso de glutamato monossódico em nossas refeições

 Receber o feedback de quem compra um produto, ou utiliza um serviço, é muito importante para o crescimento e consolidaç&ati

Leia mais

Prato equilibrado: o que é, quais nutrientes não podem faltar e como montar o seu

Aceitei o desafio de escrever esta matéria especial para o blog da Congelados da Sônia, falando sobre como montar um prato equilibrado.

Leia mais

Conheça o queijo de cabra!

Alimento antigo, usado e consumido desde a época dos Faraós, o leite de cabra tem características nutricionais muito peculiares.

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00