TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Na mídia

Dicas para mudar a rotina e melhorar a qualidade de vida

Com a correria da rotina fica muito difícil manter uma vida saudável, mas saiba que é possível seguindo estas dicas simples! Quer saber como? Descubra agora!

Quase sempre estamos sufocados ao tentar pagar as contas em dia, não atrasar nada no trabalho, e esquecemos de dar atenção aos filhos e à família, encontrar os amigos e ainda por cima manter uma vida saudável.

Antes de tudo, saiba que conciliar tudo isso é possível e para isso não é preciso sacrificar tudo o que gosta ou necessita de ser feito!

“Como assim?”

Bom, uma vida saudável evidentemente passa por se sentir produtivo e feliz no trabalho, visitar os amigos e a família, alimentar-se bem e por aí vai. Acontece que: equilíbrio é a chave para tudo!

Quer saber como seguir uma vida saudável, equilibrada e melhorar a qualidade de vida? Confira agora!

1 - Cuide da alimentação

Primeira dica e uma das mais importantes: cuide da sua alimentação!

Há uma ideia das pessoas em achar que melhorar a alimentação significa nunca mais comer um doce ou algo do tipo, mas não é verdade.

Uma alimentação saudável prioriza os macronutrientes como proteínas, carboidratos e gorduras e incluindo-as na dieta os benefícios são inúmeros, como:

-Melhora do humor;

-Mais qualidade de sono;

-Controle do peso corporal;

-Mais disposição;

-Equilíbrio hormonal;

-Prevenção de doenças;

-Dentre outros.

Observação: vá ao nutricionista e faça acompanhamento profissional a fim de saber quais especificidades são necessárias.

2 - Durma

O “glamour” em cima de ficar acordado até mais tarde tem que acabar!

Vez ou outra como quebra de rotina é legal e pode até te fazer bem, porém não faça disso um costume.

Procure dormir cerca de 7 a 8 horas por noite e evite estimulantes como café ou alimentos energéticos próximo à hora de ir para a cama.

O sono é um “remédio natural”, pois quando tem qualidade faz bem à saúde mental e regeneração do corpo de uma maneira geral.

3 - Vá ao médico regularmente

Mesmo sem estar doente, viu?

Na nossa cultura (medicina ocidental), há o estigma de que só devemos visitar o médico como forma de correção e não prevenção, mas isso tem que ser desconstruído.

Muitas doenças que surgem ao longo da vida podem ser evitadas se as visitas ao médico forem feitas regularmente alinhadas a bons hábitos de rotina.

Então, se possível, tenha um convênio médico e um plano dental e visite um hospital ou consultório pelo menos trimestralmente.

4 - Não tenha medo de dentista

A importância dos planos odontológicos, está aí uma dica que poucos dão!

Antes de tudo, você sabia que doenças ligadas ao coração e ao cérebro como ansiedade têm ligação direta com a saúde bucal? Pois é.

Contar com um plano odontológico te dá segurança, pois além de ser barato, é possível visitar um dentista sempre que quiser.

Uma boa saúde bucal previne inúmeras complicações ao longo da vida, além de ser responsável também pela parte estética e autoestima.

Então, pesquise por um dos convênios odontológicos que melhor lhe atende e comece hoje a cuidar do seu sorriso!

Lembre-se conte sempre com acompanhamento profissional.

5 -  Pratique exercícios físicos regularmente

“Mas minha vida é uma escravidão moderna, eu trabalho das 9h ao infinito e além, como vou me dar ao luxo de ir à academia?”

Esse é um problema comum, mas equilíbrio é a chave, lembra?

Não há necessidade de fazer exercícios físicos 7 vezes por semana durante 3 horas por dia. Esse é um peso que apenas atletas profissionais devem carregar. Não é seu caso.

Procure uma atividade que te faça feliz, e além de fazer bem ao corpo, também seja prazerosa. Dança, pilates, yoga, o importante é se movimentar.

Exercícios de 2 a 3 vezes por semana já vão ter um efeito positivo em sua saúde física e mental. Procure um que faça você se sentir bem.

6 - Dê sequência à nova rotina

Como toda mudança, o início é difícil e vai dar sono, mau humor, fome e tudo aquilo que detestamos, mas se dê a regalia de tentar. Pense assim: o que você tem a perder? Nada, na verdade só ganha.

O ideal é se preparar para todos os “efeitos colaterais” citados acima, vale lembrar que não são todas as pessoas que passam por isso, mas a grande maioria, sim.

Neste caso, tente por algumas semanas e caso não dê certo adapte algumas práticas saudáveis à sua rotina mais fáceis de aderir.

Não esqueça: a saúde é o que temos de mais valioso e devemos priorizá-la! Então, procure manter uma rotina com hábitos saudáveis e procure pelo auxílio de profissionais especializados como nutricionistas, dentistas, educadores físicos, dentre outros.

compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Artigo sobre reeducação alimentar

A Revista Mercado Ativo Mulher publicou em sua edição de abril o artigo “Reeducação Alimentar é para a vida toda”, da nutricionista Gabriela Marcelin

Leia mais

Nota sobre os benefícios do arroz preto

A Revista Corpo a Corpo, de novembro de 2011, publicou uma nota da nossa nutricionista Gabriela Marcelino falando sobre os benefícios do arroz preto. Confira!

Leia mais

Festival de Kibes é notícia em diversos jornais e portais

Confira onde a Congelados da Sônia foi notícia no mês de agosto: ===========================================================================================

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00