TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Alimentação

Confira 5 passos para crianças gostarem de legumes!

A alimentação infantil hoje é um grande dilema em nossa sociedade. Antigamente, prevalecia a desnutrição infantil, no entanto, atualmente vivemos uma epidemia de obesidade. Este fato ocorre, entre outros fatores, devido às mudanças no comportamento alimentar das crianças.

Tenho 2 filhas, uma de 7 anos e uma de 1 ano e meio e vivo dilemas com a alimentação de ambas. Durante esses 6 anos de diferença entre elas, pude perceber como houveram mudanças em relação à introdução alimentar, assim como existem mudanças em relação ao que podemos oferecer para as crianças. Atualmente, temos uma oferta maior de produtos voltados para alimentação infantil.
Com a mais velha, ainda realizei a introdução alimentar tradicional, iniciando pelo suco e depois com as papinhas, primeiro as de frutas e depois as salgadas. Com a mais nova, a introdução já foi iniciada com a apresentação dos alimentos em sua forma mais inteira, sem a oferta de sucos, e os alimentos foram apresentados de forma mais gradual, um tipo de cada vez. Com essas experiências, aprendi que não é fácil fazer as crianças se alimentarem de forma saudável e os nossos comportamentos são de grande influência na educação nutricional de nossos filhos.

legumes para crianças                            A alimentação saudável deve ser introduzida o mais cedo possível na rotina das crianças

O principal passo a ser dado é na introdução alimentar

A introdução alimentar de forma adequada evitará que a criança tenha comportamentos deletérios em relação à alimentação. A iniciação da alimentação complementar deve ser realizada de forma gradual e flexível, de preferência com a dedicação de tempo e paciência dos pais.
A aceitação alimentar é determinada por fatores pessoais e ambientais. Por uma questão inata, de necessidade energética, os sabores doce e salgado costumam ser melhores aceitos pelas crianças. E, precisam aprender a gostar dos sabores amargo e azedo e, com baixa densidade energética, como certas frutas, verduras e legumes.

A resistência ou dificuldade de experimentar novos alimentos atua como proteção para impedir que se coma algo que não seja comestível, que esteja estragado ou intoxicado.Portanto, a atuação dos cuidadores das crianças, sendo esses pais, avós, babá ou escola, é importante para reverter essa tendência de rejeição e ampliar a aceitação alimentar das crianças. A disponibilidade frequente e acessível de frutas, verduras e legumes está relacionada à maior aceitação e consumo pelas crianças.

É primordial termos em mente, que essas preferências alimentares são modificáveis ao longo dos anos, por isso, a educação nutricional deve ser constante para que os hábitos adquiridos não sejam perdidos e que novos hábitos saudáveis sejam incorporados constantemente.

Com o passar dos anos, as responsabilidades em relação à alimentação da família devem ser divididas entre pais e filhos, de forma que as crianças se tornem mais participativas nas escolhas alimentares e sejam estimuladas a experimentar novos alimentos.

legumes para crianças                           Chame as crianças para ajudar a preparar as refeições!

5 passos para inserir os legumes na alimentação das crianças

Algumas ações que podem ser aplicadas no dia a dia que irão facilitar a relação da criança com a comida e estimulá-la a experimentar novos alimentos:

- Deixar que a criança participe de forma ativa na escolha dos cardápios, sendo esse almoço, jantar ou, até mesmo, do lanche;
- Convidá-las para cozinhar, entrando em contato com a comida e desenvolvendo sua autonomia;
- Criar um ambiente com qualidade e variedade de alimentos;
- Criar horários regulares para as refeições e evitar comer nestes intervalos;
- Dar autonomia para a criança escolher o quanto e o que irá comer dos alimentos oferecidos nas refeições, sempre reforçando a importância de uma alimentação diversificada em cor e sabor.

Confira os kits de alimentação saudável infantil e juvenil da congelados da Sônia!

Veja também: Primeiros passos para uma vida saudável


Nutricionista Patrícia B. Santanna


Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com MBA em Gestão de Qualidade e Segurança Alimentar pela Universidade Veiga de Almeida. CRN 05100214
Inicialmente atuou como Gerente em Restaurantes Industriais mas, há cerca de 2 anos, conheceu a Nutrição Comportamental e atualmente está se aperfeiçoando nesta área e trabalha com atendimentos. 
compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Esclarecimento sobre o uso de glutamato monossódico em nossas refeições

 Receber o feedback de quem compra um produto, ou utiliza um serviço, é muito importante para o crescimento e consolidaç&ati

Leia mais

Prato equilibrado: o que é, quais nutrientes não podem faltar e como montar o seu

Aceitei o desafio de escrever esta matéria especial para o blog da Congelados da Sônia, falando sobre como montar um prato equilibrado.

Leia mais

Conheça o queijo de cabra!

Alimento antigo, usado e consumido desde a época dos Faraós, o leite de cabra tem características nutricionais muito peculiares.

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00