TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Alimentação

Como ter mais energia?

Parece óbvio que um automóvel precise de combustíveis compatíveis tais como: gasolina; álcool; diesel; etc, para que possa se locomover. Afinal, sem estar abastecido não é possível que o carro “ande sozinho”, do contrário alguém precisará exercer força mecânica e literalmente empurrá-lo para que se mova.

Contudo, algumas pessoas não pensam no corpo humano como uma máquina, por isso essa associação energética não parece tão óbvia, mas a alimentação saudável atua fornecendo a energia que seu corpo precisa, desse modo você deve enxergar os nutrientes como o combustível do seu organismo.

Logo, se você sempre “enche o tanque” com um combustível adulterado, é bem provável que seu organismo ainda funcione, mas que nunca atinja o potencial máximo que poderia ter. Se você frequentemente se sente fraco e sem energia continue lendo esse artigo e te explicaremos quais alimentos a roubam e como você pode obter mais vigor através da alimentação.

Alimentos que roubam a sua energia

A alimentação contemporânea é composta por “alimentos em pacotinhos”. Muitas vezes admiramos as embalagens belas que a publicidade cria, e seja por pressa ou praticidade acabamos consumindo alimentos com baixos, ou quase nenhum valor nutritivo.

Quando optamos por consumir as versões industrializadas dos alimentos, muitas vezes ignoramos a maioria dos componentes com nomes exóticos neles contidos, grandes quantidades de sódio, acidulantes, corantes, emulsificantes, e outros “antes”, que não trazem benefícios para a saúde e que são utilizados apenas para a  conservação desses alimentos. Estes alimentos podem ser consumidos esporadicamente

O grande problema é que esse tipo de “combustível prático” estraga o seu organismo, e a longo prazo consumindo apenas isso você pode acabar doente, desnutrido e obeso. A obesidade é reflexo direto de um “tanque” sujo, pois quando o intestino não consegue mais limpar as toxinas nele acumuladas começa a estocá-las em forma de inflamação, conhecida como gordura visceral.

A gordura visceral literalmente rouba a sua energia, e não é uma exclusividade das pessoas obesas, podendo estar presente, inclusive, em pessoas bem magras. Ela se torna um “tecido estranho” para o corpo, e podem criar uma série de transtornos que prejudicam a produção natural de hormônios.

A melhor formar de reduzir a gordura visceral é praticando reeducação alimentar, é através dela que você terá acesso a alimentos saudáveis que não tenham perfil inflamatório (açúcar refinado, farinhas brancas, gorduras saturadas, etc) e não forneçam calorias vazias. Estes alimentos além de te deixarem com fome o tempo todo, impedem a absorção adequada dosnutrientes que poderiam realmente fazer bem para o seu corpo, e quando há escassez de um combustível adequado e excesso de consumo de alimentos inflamatórios uma série de doenças incuráveis podem surgir no organismo.

As mais comuns são a diabetes mellitus (tipo 2), que ocorre quando o pâncreas não consegue mais produzir insulina para lidar com as grandes cargas de açúcar ingeridas. A síndrome metabólica, hipertensão, disbiose, complicações intestinais, fadiga, apneia do sono e até aumento do risco de alguns tipos de câncer, estão dentre outros efeitos colaterais indesejados.

A boa notícia é que dá para reverter esse quadro e obter mais energia seguindo apenas três passos. O primeiro passo é realizar uma ida ao médico e no nutricionista, assim você põe os exames em dia e inicia a reeducação alimentar. Um ótimo início é fazer uma desintoxicação no corpo, você pode fazer isso com uma Dieta Detox. Leia mais a respeito do tema em nosso artigo. Confira também a nossa receita de mix detox para fazer em casa.

O segundo passo é excluir, ou reduzir, esses alimentos da sua dieta para interromper o processo inflamatório, você pode fazer essa transição mais facilmente adotando um estilo de vida low carb até alcançar o peso desejado.

O terceiro e último passo é manter o peso eliminado. Esse é um dos maiores desafios de quem consegue emagrecer. Praticar atividades físicas regularmente pode te ajudar a conquistar e preservar um corpo mais saudável e vigoroso. Existem também alimentos que fornecem energia de forma prolongada, e que além disso promovem melhorias diretas na sua saúde, como os cereais e os tubérculos.

Gostou das dicas? Curta e compartilhe em suas redes sociais. Ficou alguma dúvida? Deixe para gente aqui nos comentários, será um prazer respondê-la.

compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Esclarecimento sobre o uso de glutamato monossódico em nossas refeições

 Receber o feedback de quem compra um produto, ou utiliza um serviço, é muito importante para o crescimento e consolidaç&ati

Leia mais

Prato equilibrado: o que é, quais nutrientes não podem faltar e como montar o seu

Aceitei o desafio de escrever esta matéria especial para o blog da Congelados da Sônia, falando sobre como montar um prato equilibrado.

Leia mais

Conheça o queijo de cabra!

Alimento antigo, usado e consumido desde a época dos Faraós, o leite de cabra tem características nutricionais muito peculiares.

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00