Como manter o peso ideal?

Muitas vezes vemos pessoas desesperadas para atingir um determinado corpo ou um determinado peso, mas esquecem que antes de tudo precisamos compreender que uma alimentação saudável é o alicerce de todo o metabolismo.

A grave restrição de alguns nutrientes pode acabar provocando o efeito contrário e, com isso, ao invés de existir uma perda de gordura, pode acabar ocasionando uma perda de musculatura, o que não seria ideal.

A idealização de um padrão estético corporal tem feito com que algumas pessoas entrem em desespero buscando a perfeição, mas o básico da rotina alimentar diária associada a uma boa atividade física acaba sendo esquecido.

Portanto, antes de começar alguma dieta sem nenhum tipo de orientação, comece a fazer melhorias gradativas na sua rotina alimentar. Confira as dicas para manter o peso ideal:

1. Preste atenção na sua mastigação. Coma devagar, pois o cérebro demora a entender que você está comendo e somente depois lhe responde que está saciado, então coma devagar.

2. Para conseguir mudar esse mau hábito de comer com pressa, comece a usar talheres de sobremesa, ou um talher pequeno, para colocar pouco alimento e comer mais devagar.

3. Descanse o talher a cada garfada durante as suas refeições.

4. Beba água! Observe a coloração da sua urina, ela precisa estar amarelo clara ao longo do dia. Comece colocando sempre por perto um copo ou uma garrafinha para ir bebendo gradativamente.

5. Mantenha o hábito de organizar sua alimentação para a semana toda. Se não fizer isso irá acabar comendo o que está prático (e pode não ser tão saudável), ou acabar pedindo um lanche com excesso de gorduras e calorias.

Se a sua rotina for agitada e não tiver tanto tempo para preparar todas as refeições da semana, use as opções de comidas congeladas práticas e saudáveis, como a Congelados da Sônia, que possui várias opções diferentes de pratos para variar e não enjoar da mesma comida.

6. Preste atenção em quantas vezes por semana você está saindo da qualidade da alimentação diária.

Se você não possui nenhum problema de saúde ou nenhuma restrição alimentar, acabar ingerindo alguma guloseima de vez em quando não será problema, o que não podemos é manter isso como rotina.

7. Tenha variedade na sua alimentação. Quanto mais alternar entre as opções, mais nutrientes diferentes você terá para o seu organismo. Por exemplo, se for comer frutas, alterne as opções ao longo do dia.

Você pode até gostar de uma em específico, mas também troque-a para ter vitaminas diferentes e garantir o bom funcionamento do corpo.

8. Mantenha uma frequência de ingestão diária de legumes e/ou verduras. Algumas pessoas podem gostar mais de opções cozidas e outros opções mais cruas, mas o importante é ter a nossa rotina alimentar.

Resumindo: não precisamos de uma alimentação extraordinária com alimentos caros e difíceis de achar. Nós precisamos é de variedade, de praticidade e de qualidade.

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM)
Membro da ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade)
Especialista em Nutrição Materno-Infantil
Site: www.liliamfrancisconutri.com.br
Instagram: @draliliamfrancisco

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta