Cirurgia Bariátrica: o que comer no pós-operatório?

cirurgia bariátrica

 

Você sabia que mais de 100 mil pessoas fizeram cirurgia bariátrica no Brasil no ano passado? Os dados são da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Também conhecida como redução de estômago, a operação é indicada para casos graves de obesidade e exige muitos cuidados com a alimentação no pós-operatório.

Além da reeducação alimentar, que ajuda na manutenção do peso e na recuperação da cirurgia, existem quatro fases gradativas da dieta que precisa ser feita pelo período de 8 a 10 semanas depois da operação. Entenda cada uma abaixo.

Dieta líquida

As primeiras 24 a 48 horas após a cirurgia são a chamada fase da dieta líquida clara, onde só se pode ingerir pequenos volumes de líquidos (cerca de 50 ml) sem açúcar e com o mínimo de valor calórico a cada 15 minutos, enquanto estiver acordado. Água, água de coco, chá, gelatina sem açúcar, suco de frutas não ácidas e suplemento proteico líquido são algumas das opções para esse momento.

Em seguida começa a dieta totalmente líquida, que dura de 1 a 4 semanas e é considerada a fase mais difícil e intensa do pós-operatório. Os alimentos continuam sendo sem açúcar e com pouco valor calórico, mas já podem ter mais textura. As refeições devem ser frequentes e podem ser batidas no liquidificador e coadas. É preciso ingerir 2 litros de alimento por dia e também água, para manter a hidratação.

Dieta pastosa

Essa fase é essencial para treinar a mastigação e o tempo de alimentação. Por 2 a 4 semanas as refeições devem ter a consistência de um pudim ou purê, de preferência com alimentos ricos em proteínas.

São recomendados ovos mexidos moles, queijos macios e com baixo teor de gordura e atum ralado, também sem gordura. Frutas e vegetais cozidos bem macios também são bem vindos. Pode ser difícil beber água, mas é extremamente necessário ingerir ao menos 2 litros por dia.

Dieta Branda

A alimentação já começa a voltar ao normal, mas os alimentos ainda precisam ser amassados e bem macios. Nessa fase é ainda mais importante treinar a mastigação, e as refeições devem ser ingeridas devagar e em pequenas quantidades a cada 2 ou 3 horas.

Dieta Regular

É o final do período restritivo de alimentação e as refeições regulares estão liberadas. Ainda assim, é preciso seguir as orientações dos especialistas e dar preferência a alimentos ricos em proteínas, ferro, cálcio e vitaminas. É importante lembrar também que nos primeiros seis meses após a cirurgia não se deve ingerir frituras e o ideal é evitar alimentos enlatados, industrializados e com muito sal ou açúcar. Refrigerantes e bebidas alcoólicas são proibidos.

Gostou do texto? Ficou com alguma dúvida em relação as quatro fases? Escreva para nós nos comentários e não se esqueça de conferir a linha bariátrica da Congelados da Sônia.

 

linha bariátrica

 

Fontes:

http://www.sbcbm.org.br/wordpress/entenda-melhor-as-fases-nutricionais-do-pos-operatorio-de-cirurgia-bariatrica/

http://guiabariatrica.com.br/

Salvar

Salvar

Deixe uma resposta