TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578
Dicas saudáveis

Chega de confusão: diferença entre diet e light

Quando os alimentos Diet começaram a ser vendidos, a maioria dos consumidores associaram esses produtos como sendo de baixo valor calórico e dessa forma, permitido para as pessoas que precisam perder peso. Depois, vieram os light e a confusão se formou. Diabéticos, hipertensos, pessoas com nível de colesterol alto ou com excesso de peso podem consumir o mesmo alimento diet ou light? Diet e light viraram "sobrenome" de diversos alimentos, mas o que de fato os diferenciam? Alimentos Diet: De acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o termo só pode ser aplicado aos alimentos destinados às dietas com restrição de nutrientes como carboidrato, gordura, proteína ou sódio. Os alimentos diet são especialmente formulados para grupos da população que apresentam condições fisiológicas específicas. É importante que fique claro que nem todos os alimentos diet apresentam diminuição na quantidade de calorias e, portanto, devem ser evitados pelas pessoas que querem emagrecer. Uma boa forma de entender isso é usando o chocolate diet como exemplo. No caso do chocolate diet, o açúcar é substituído pelo adoçante. Para preservar a consistência e torná-lo mais palatável, o fabricante muitas vezes adiciona gordura à fórmula e por isso o valor calórico aumenta. Isso faz com que o produto seja indicado para diabéticos, mas não para quem tem como objetivo o emagrecimento. Alimentos Light: A definição de alimento light deve ser empregada nos produtos que apresentem redução mínima de 25% em determinado nutriente ou calorias quando comparado com a versão convencional do mesmo produto. Dessa maneira, a primeira diferença entre o alimento diet e light está na quantidade permitida de nutrientes. A segunda diferença é consequência da primeira: o alimento light não é necessariamente indicado para pessoas que apresentam algum tipo de patologia que exija a exclusão de determinado nutriente da dieta. Em alguns casos isso até pode ocorrer e os refrigerantes light são um exemplo disso. Por serem isentos de açúcar, os diabéticos podem consumir. Para finalizar, ainda vemos por aí os alimentos “zero”. Assim como os “diet”, estes alimentos são caracterizados pela exclusão total de algum componente. Pode ser Zero Açúcar, Zero Sódio, Zero Gordura, entre outros. Quando um alimento é zero por isenção de açúcar, pode ser consumido pelo diabético. É muito fácil se confundir; por isso, leia os rótulos com muita atenção. Compare os produtos light e diet com os alimentos convencionais. É muito importante verificar se eles atendem às suas necessidades.
compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Light ou diet? Eis a questão de muita gente que deseja emagrecer

Outra dúvida muito comum entre os que não veem a hora de perder uns quilinhos e ficar com a saúde em dia e de bem com a pró

Leia mais

Cardápio Saudável para a Melhor Idade

A dieta saudável está indicada em todas as idades, mas é um fator ainda mais importante para a terceira idade. Pensando nessa

Leia mais

Que adoçante devo usar?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre que tipo de adoçante devem usar. Também é comum ouvir comentários sobre ev

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00