Carne suína faz bem para saúde?

Uma das grandes vantagens da carne suína, sem sombra de dúvidas, é a sua versatilidade no preparo. Ela pode ser consumida de várias maneiras – cozida, frita, assada, grelhada – e ainda manter suas características nutricionais e o sabor.

Preparar uma carne suína saborosa também é muito simples: basta um pouquinho de sal e uma grelha bem aquecida para ter uma opção rápida de carne para comer em uma refeição. O sabor da carne suína é também uma das características que chama a atenção de quem não gosta tanto de carne bovina ou de frango.

Ela é bem mais suave que a carne derivada do boi, porém não tão delicada quanto a carne de frango, sendo considerada saborosa e única na medida certa.

Benefícios da carne suína para a saúde

  • Previne doenças

Por ter um teor de sódio menor e maior quantidade de potássio, contribui para a prevenção da hipertensão. Rica em proteínas, a carne suína consegue garantir uma boa saúde muscular, pois ajuda a controlar o colesterol e a pressão arterial.

  • Desenvolvimento infantil

A carne suína é recomendada para crianças em fase de crescimento, pois apresenta proteínas de alto valor biológico, ácidos graxos monoinsaturados, vitaminas do complexo B, ferro e selênio.

  • Pouca gordura

Alguns cortes suínos possuem teor de gordura menor que a de um frango.

  • Fortalecimento

Alguns cortes têm altos níveis de colágeno pré-formado, o que ajuda a fortalecer o cabelo, unhas, pele e articulações. Além de dar força e resistência ao tecido conjuntivo, ainda fornece estrutura para muitas outras partes do corpo, incluindo dentes e vasos sanguíneos.

Rica em zinco e outros nutrientes essenciais ao organismo, como o magnésio e o potássio, que contribuem para a formação de glóbulos vermelhos e a regulação da pressão arterial, a carne suína fortalece o sistema imunológico.

  • Rica em nutrientes

A proteína suína também é uma das principais fontes de vitamina B1 (tiamina) e auxilia no funcionamento do sistema nervoso e neuromuscular, podendo ajudar na prevenção de doenças neurodegenerativas e beneficiar amplamente a saúde do cérebro.

É rica em vitamina B3, mais conhecida como niacina. Essa é uma das vitaminas do complexo B que está diretamente ligada à saúde cardiovascular.

Por isso, o consumo da carne de porco pode beneficiar a vitalidade do coração. Não só a niacina ajuda no alívio do estresse e na regulação metabólica, como pode facilitar a digestão.

A quantidade de proteína contida na carne varia conforme seu corte e tamanho. Porém, de forma geral, a carne suína é uma boa fonte de proteínas e por isso contribui com a saúde dos músculos.

Também é ótima para quem deseja ganhar massa magra, ou seja, para pessoas cujo objetivo é a hipertrofia.

Carne suína pode ser menos gordurosa que a proteína bovina e de frango

A ideia de que a carne suína deve ser evitada por ser muito gordurosa é um grande mito.

Se comparados à carne de boi ou de frango, os cortes suínos como a bisteca e o lombo podem conter até metade do colesterol e da gordura que essas outras proteínas apresentam.

Além disso, cerca de 70% da gordura da carne suína é subcutânea e, por isso, pode ser facilmente removida. Mas vale ressaltar que os cortes como bacon e panceta são bem gordurosos e devem ser evitados em excesso.

Alguns dos cortes de carne suína mais populares e mais magros são:

  • Lombo (filé mignon suíno é uma parte do lombo e o corte mais magro e saudável para colocar na sua alimentação);
  • Costela;
  • Bisteca.

O lombo é o corte obtido da carne suína considerado o mais magro de todos. Além do baixo teor de gordura, é saboroso e versátil.

Confira alguns dos nossos deliciosos pratos com carne suína

  • Lombo à Parmegiana: Lombo suíno empanado com farinha sem glúten, coberto por molho de tomate caseiro e mussarela. Acompanha cremoso purê de batata.

  • Lombo ao Creme de Cottage: Fatias de lombo suíno ao creme de cottage temperado com alho poró e salsa, acompanhado de legumes assados regados no azeite: alcachofra, cenoura e cebola. Opção Low Carb.

  • Lombo ao Molho Barbecue: Cozido lentamente no processo sous vide, este prato tem cubos suculentos de lombinho de porco com um molho especial e caseiro, tipo barbecue. Acompanha o famoso arroz com lentilhas, um acompanhamento para dar saciedade e muito sabor ao prato.

Larissa Reis Coelho Amaro
Nutricionista Clinica.
Atendimento em consultório
Formada em Modulação Intestinal
@nutri.larissaamaro

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta