TELEVENDAS: RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838 | SP (11) 4007-2196 (21) 9 9996-6578

Aprender a comer de forma saudável, conheça a: Reeducação Alimentar

Poucos são aqueles que tiveram o privilégio de crescer se alimentando de forma balanceada, nos tornamos adultos viciados em farináceos, açúcar, amidos, e tudo mais que tenha baixo valor nutritivo e elevado valor calórico. Os maus hábitos e vícios alimentares não surgem do dia para a noite, são reflexos de uma educação alimentar falha, ou melhor da falta de educação para comer.

Os resultado de décadas de abusos são cobrados com o tempo, à medida que os anos passam torna-se mais urgente a busca por maneiras de ser saudável. Seja por razões estéticas ou por problemas de saúde como a: disbiose; pressão arterial alta; excesso de peso; glicemia; gordura no fígado; colesterol ou triglicérides alterados. Se reeducar é muito complicado, porém não é impossível.

No artigo de hoje vamos explicar como funciona esse processo, bem como fornecer dicas para começar a sua Reeducação Alimentar.

O que é Reeducação Alimentar?

Como definição podemos dizer que este é um processo em que se aprende, através de mudanças nos hábitos e orientações nutricionais, estratégias para ter uma alimentação mais saudável e adequada para sempre.

Qual a diferença entre dietas de final de semana e Reeducação Alimentar?

Nas dietas convencionais as mudanças internas, o conhecimento do seu corpo e dos alimentos não ocorre. Já quando se parte para a reeducação muda-se a forma de ver e entender os alimentos, estas mudanças tendem a ser profundas e se tornam um hábito enraizado, sólido, para toda a vida.

A diferença entre dietas e reeducação alimentar é que quando se faz dietas busca-se emagrecer apenas para entrar na calça jeans velha ou naquele vestido desejado. Logo que conseguido o objetivo, velhos padrões voltarão. Reeducação Alimentar é tomar decisões inteligentes para não ter que se preocupar com o peso nunca mais! Não veja isso como sentença a cardápios chatos e restritivos! Dentro da maioria dos programas de reeducação alimentar você poderá comer um pouco de tudo o que gosta, sem exageros, é claro!

Deste modo, não vai mais precisar correr atrás de remédios ou fórmulas mágicas para perder peso e medidas, porque vai conhecer seu corpo e seus limites! Além disso, os resultados são duradouros e definitivos. Se você não sabe por onde começar acompanhe as nossas dicas.

Dicas para começar a reeducação alimentar:

  • Se responsabilize: O passado pode ter influência nos maus-hábitos aprendidos, contudo a reeducação será o seu momento para assumir a culpa e responsabilidade por tudo que come, se você pisar na bola, não culpe alguém que te ofereceu doces, saiba dizer não para prazeres momentâneos focando-se em criar novos hábitos que garantirão um bem-estar futuro;

  • Se deseja de verdade ser saudável e magra(o) lute para isso! É realmente importante querer mudar a sua alimentação. Caso sempre pense que é um sacrifício muito grande ficar sem comer, provavelmente a dieta não vai durar muito tempo. Você tem que se sentir bem com o seu novo dia a dia e o cardápio para ter êxito na reeducação alimentar. Logo, se há alimentos que você realmente deseja e que não são saudáveis, como doces, não tire 100% do seu cardápio no começo, simplesmente tente diminuir o seu consumo;

  • Comece aos poucos: Mudar radicalmente, de uma hora para outra, pode afetar o seu corpo e o seu humor. Faça substituições inteligentes, troque um alimento não tão saudável por um equivalente mais saudável, por exemplo, um iogurte integral por um desnatado, ou um suco industrializado por uma versão orgânica;

  • Reduza o que te causa compulsão: Os piores inimigos de uma dieta saudável, nos dias de hoje são: açúcar e sal refinados, gordura ruim, sódio e carboidratos. São eles que terão que ser, aos poucos, cortados ou diminuídos do seu cardápio;

  • Comer de 3 em 3 horas: Comer várias refeições durante o dia, com um intervalo de no máximo 3 horas entre uma e outra ajuda a acelerar o metabolismo. É importante, também, mastigar bem a comida. Deve-se consumir uma menor quantidade de alimentos em cada refeição, e comer mais vezes. Se você acha que não consegue fazer os lanches, experimente comer menos no café da manhã e no almoço, e se tem dificuldade em tomar o café da manhã, experimente comer menos ao jantar e a ceia;

  • Reeducar o paladar: As saladas, sopas e legumes cozidos vão passar a ter mais sabor quando você deixar de comer alimentos industrializados que estão cheios de aromatizantes e intensificadores de sabor. Cozinhar os legumes com uma folhinha de louro ou adicionar um dente de alho esmagado nas sopas pode conferir um sabor mais agradável, facilitando a adaptação;

  • Cozinhe em casa: A melhor maneira de controlar o seu cardápio para reeducação alimentar é preparar as suas refeições em casa. Se você não tem muito tempo, opte por refeições rápidas de fazer. Tente evitar ao máximo comidas industrializadas;

  • Leia rótulos: Comece a ler atentamente os ingredientes contidos nos alimentos que você compra e consome no seu dia-a-dia. Tente evitar aqueles com muito açúcar, sódio, gordura e carboidratos;

  • Beba os benditos 2 litros de água por dia: Não é frescura, a hidratação com água é muito importante porque a água não tem calorias e limpa as toxinas do corpo, facilitando a desintoxicação. Se você tem dificuldade em beber toda essa água, experimente colocar um pedacinho de gengibre ou espremer meio limão numa garrafa gelada e ir bebendo vários goles ao longo do dia. Uma outra possibilidade para ingerir mais líquidos é tomar chá sem açúcar, mas nunca tomar suco industrializado, refrigerante ou sucos naturais com açúcar porque eles fornecem energia extra na hora, mas desidratam seu corpo;

  • Ajude seu organismo a manter o intestino limpo: As fibras podem ser boas aliadas para manter seu corpo funcionando bem, e não é muito difícil inseri-las no seu cardápio para reeducação alimentar. Tente iniciar sua refeição com alimentos que vão ajudar no metabolismo do seu corpo, como por exemplo, uma bela salada com folhas verdes.

O que e quanto comer?

  • Carboidratos: Os que provêm de grãos integrais, frutas e vegetais são muito melhores, pois o nosso organismo digere-os lentamente, assim você aproveita a sua energia durante muito mais tempo. O carboidrato dos farináceos queimam muito mais rápido. Logo, é possível que se tenha fome mais rápido, o corpo pode acabar pedindo mais comida, ingerindo mais calorias do que deveria;

  • Cálcio: Um elemento muito importante no seu cardápio, ele está presente em alimentos derivados do leite, de verduras com um verde bem vivo (couve, brócolis, aspargo, etc) e variados tipos de grãos, como o feijão preto;

  • Proteínas: São necessárias no cardápio para reeducação alimentar, mas as melhores seriam as contidas nas carnes magras ou ovos, e de preferência que sejam grelhadas ou cozidas sem muita gordura. Cogumelos, soja e alguns tipos de castanhas também são ricos em proteína;

  • Gorduras: Também podem ser saudáveis. Porém, não são aquelas das batatas fritas ou do pastel de feira, mas as encontradas em peixes como o ômega 3, e as gorduras que vêm do abacate, nozes, castanhas, e sementes como abóboras e gergelim;

  • Reduza o sal: refinado nas refeições pode ser difícil para algumas pessoas, pois ele pode realçar o sabor de muitas comidas, mas tente substituí-lo por versões mais saudáveis como o sal do Himalaia e/ou experimente outros temperos naturais para dar mais sabor, como a salsinha, o coentro, o alho, a cebola, etc.

Sempre tente ampliar o seu cardápio para reeducação alimentar e experimente novos tipos de comidas, pois você não só vai ganhar variedade, como vai encontrar um alimento que pode enriquecer muito as suas refeições. Tente também experimentar novas combinações de comidas e variar seu cardápio, evitando o tédio de comer sempre a mesma coisa. Criamos um modelo de cardápio para você que quer emagrecer de vez.

Sugestão de cardápio para quem quer começar uma reeducação alimentar!

Preparamos uma dieta exclusiva pra você seguir de maneira fácil, prática e muito saborosa. Este é um exemplo de cardápio para 7 dias para quem quer emagrecer com reeducação alimentar é:

Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4 Dia 5 Dia 6

Dia 7

Café da manhã

1 pão de cereais com queijo branco e suco de abacaxi 2 ovos cozidos com sal light e pimenta 1 copo de vitamina de frutas

Ovo Mexido Especial

Suflê Light de Palmito

Salada de frutascom uma colher de mel

Uma porção de aveia com frutas secas e chá

Lanche

1 iogurte natural com mel Uma porção de aveia com frutas secas e chá 1 copo de vitamina de frutas Meia batata doce assada 1 ovo cozido com sal light e pimenta 1 pão de cereais com queijo branco e suco de abacaxi

1 xícara de frutas cítricas

Almoço

Salmão maravilha e arroz colorido Carne desfiada com abóbora Almôndega de frango com jardineira Prato da mamãe Risoto de alcachofra e frango Macarrão da tia Maria

Bolo de batata light

Lanche

1 iogurte com 2 colheres de sopa de flocos de aveia Sanduíche integral com queijo branco e peito de peru Meia batata doce assada Suco de laranja e 1/2 pão integral com manteiga 1 pão de cereais com queijo branco e suco de abacaxi Uma porção de aveia com frutas secas e chá

1 copo de vitamina de frutas

Jantar

Salada de quinoa Linguado à capixaba Macarrão a bolonhesa light Berinjela recheada com carne Peixe maroto Mignon ao funghi Frango ao curry

Ceia

Chá de hortelã e duas  torradas sopa Detox Tomate cereja temperados

Sunomono

Muffin Low Carb sopa Detox

Um iogurte natural com mel

 

Não sabe o que fazer nas semanas seguintes? Não se preocupe! Temos opções para a 2ª semana light, 3ª semana light, 4ª semana light para elas. Para Eles temos também a dieta 1ª semana light, 2ª semana light, 3ª semana light e 4ª semana light.

Experimente receitas e opte sempre pelos integrais, porque diminuem a fome além de regular o intestino, e deixe de comer em fast food e as frituras. Coma pelo menos 2 frutas por dia, elas são ótimas como sobremesa. Para que essas mudanças sejam implementadas no dia-a-dia deve fazer-se 1 mudança por semana até que ela se torne um hábito que será adotado para sempre. Gostou do texto? Escreva nos comentários e acompanhe sempre nosso blog.

reeducação alimentar

 
compartilhe essa postagem em suas redes sociais!

Postagens relacionadas

Prato do dia: Pétalas de Cebola

Pétalas de Cebola recheadas com requeijão e frango com azeitonas pretas (proteínas ideais para dar saciedade e fazer o organismo funcionar melhor). Rico em

Leia mais

Stand Up Paddle o esporte que é a cara do verão

Os esportes de verão são perfeitos para curtir ao ar livre, se divertir e ficar em forma. Por isso até o fina

Leia mais

Alimentos antioxidantes: o que são, para que servem e as principais fontes?

Se você é leitor do blog da Congelados da Sônia sabe da importância de uma boa alimentação. Comer bem e de forma saudável ajuda o corpo a obter os nutr

Leia mais

faça parte da nossa comunidade

NÃO PERCA NENHUMA NOVIDADE

ENCONTRE-NOS POR AQUI TAMBÉM!

Rua São Luis Gonzaga, 2063, Benfica

Rio de Janeiro - CEP 20910-063


TELEVENDAS

RJ (21) 3461-9779 / 3878-8838

SP (11) 4007-2196

(21) 9 9996 6578

2ª A 6ª - 9:00 ÀS 17:00