logoblog

Alimentos que aliviam o surgimento de acne

A acne é o nome dado a espinhas e cravos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos. Seu aparecimento é muito comum na adolescência, mas também pode surgir em adultos, principalmente em mulheres no período menstrual. Muitos fatores estão associados ao surgimento de acne, entre os principais podemos citar hereditariedade, alterações hormonais, estresse, alguns medicamentos e é claro, a alimentação!

Existem alguns alimentos que estimulam a secreção de insulina, favorecendo a produção de hormônios andrógenos que, somado a outros fatores, aumentam a produção de sebo na pele e podem impactar diretamente a sua aparência.

Aqui, você pode conferir quais alimentos contribuem para o surgimento de acnes e quais alternativas você pode adicionar à sua dieta para evitar cravos e espinhas, pois a alimentação tem papel fundamental na saúde da sua pele.

Alimentos influenciam no surgimento de acne:

De maneira geral, alimentos ricos em açúcar como bolos, balas, sorvetes, bebidas açucaradas e refrigerantes. Alimentos ultraprocessados, como fast foods, produtos enlatados e embutidos, podem levar ao desenvolvimento e agravamento da acne, por contarem com quantidades elevadas de açúcar, sódio, gorduras e uma variedade de conservantes, estabilizadores, corantes e realçadores de sabor.

É importante também evitar o consumo de bebidas alcoólicas, pois, além de provocarem desidratação e contribuírem para a inflamação, elas também alteram o funcionamento hormonal do organismo, favorecendo o desenvolvimento de acne.

Evite também consumir grandes quantidades de leite e derivados como queijos, creme de leite, iogurtes. Diversos estudos observaram que o consumo de leite pode elevar os níveis de IGF-1, um fator de crescimento semelhante à insulina. Aumentos nos níveis de IGF-1 podem favorecer o aparecimento de acne tanto em homens quanto em mulheres adultas.

É sabido que 80% da composição proteica do leite de vaca é formada pela caseína, enquanto os 20% restantes são compostos pelas proteínas do soro do leite. Essas últimas são responsáveis, em sua maioria, pelos efeitos insulinotrópicos do leite, enquanto a caseína estimula a produção de IGF-1.

Atenção, o consumo de Whey Protein também deve ser evitado em casos de acne.

Alimentos que ajudam a evitar a acne:

Adotar uma dieta de baixo índice glicêmico pode auxiliar na diminuição da produção de sebo das glândulas sebáceas. Dê preferência a alimentos ricos em fibras, como grãos integrais e leguminosas.

Inclua também alimentos anti-inflamatórios em sua rotina alimentar, uma vez que a acne é um processo inflamatório da pele. Um poderoso anti-inflamatório é o óleo de peixe, rico em ômega-3, substância que também está presente em sementes de chia, nozes e sementes de abóbora.

Probióticos são micro-organismos vivos, utilizados em suplementos alimentares ou isolados em cápsulas que trazem diversos benefícios para a saúde, e podem ser importantes aliados no combate à acne, pois, segundo estudos recentes, os probióticos impactam na redução de marcadores plasmáticos de inflamação no organismo.

Podemos citar também o consumo de alimentos ricos em vitaminas antioxidantes, que auxiliam no combate a radicais livres decorrentes do processo inflamatório. Alimentos como sementes de girassol, abacate, amêndoas e azeite de oliva são algumas das principais fontes da vitamina E.

Grão-de-bico, gema de ovo, quinoa e aveia também são alternativas importantes para o controle da acne, pois são alimentos ricos em zinco, mineral que possui propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e também auxilia no controle de secreção sebácea.

Por fim, mantenha-se hidratado! Tanto para a saúde geral quanto para sua pele, a água é fundamental para o funcionamento adequado do organismo.

Jaqueline Lima

Jaqueline Lima
Nutricionista especializada em nutrição clínica e fitoterapia
Instagram: @jaquelinelima.nutri

Deixe uma resposta