Alimentação saudável e longevidade

Nos últimos dias foi largamente divulgado que o morango, por possuir compostos de antioxidantes encontrados em plantas que protegem o organismo de um grande número de doenças, pode retardar o envelhecimento. Mas não só o morango possui esse benefício, existem diversos alimentos que proporcionam maior longevidade. Os mais eficientes são os alimentos ricos em antioxidantes que nos protegem contra os radicais livres que estão associados aos danos celulares.

A ingestão de vitaminas, como a C que é encontrada, por exemplo, em frutas cítricas como acerola, laranja e limão, oxigena e irriga a pele prevenindo o aparecimento de rugas, flacidez e ainda contribuem para produção de colágeno. Outra opção para retardar os efeitos da idade são os produtos que possuem polifenóis (antioxidante), como o já falado morango, o chá verde e a uva.

Mas não ache que apenas ingerir tais nutrimentos é o segredo para juventude. Além de consumir frutas e verduras é necessário evitar aqueles alimentos ricos em sódio, gorduras trans e saturadas, carboidratos refinados e uma dieta pobre em fibras podem, inclusive, contribuir para acelerar o processo degenerativo de nossas células, consequentemente acelerando o envelhecimento. Portanto, mais importante do que frutas específicas, é fundamental possuir uma dieta balanceada e saudável. Aí, sim, você sentirá menos os efeitos do tempo.

Aí vão algumas dicas de nutrientes e suas fontes, que não podem faltar em sua dieta se você quer retardar o envelhecimento:

Vitamina E: presente nos óleos vegetais (gérmen de trigo, girassol, milho), oleaginosas (amêndoas secas, nozes), sementes, gérmen de trigo e abacate.

Ômega 3: peixes de águas frias, óleo de linhaça, óleo de soja e óleo de canola

Licopeno: o tomate é uma grande fonte, principalmente na forma de molho. Presente em menor quantidade na melancia, goiaba e mamão.

Vitamina A: ovos, leite, espinafre, brócolis, cenoura, abóbora, entre outros.

Bioflavonóides: frutas cítricas, frutas vermelhas e uvas.

Zinco: carnes, aves, frutos do mar, laticínios, feijões, lentilhas, nozes, sementes (em especial a de abóbora) e cereais integrais.

Selênio: castanha do pará, sementes de girassol secas e farelos de trigo são ótimas fontes.

Conheça nossa linha de alimentos saudáveis.

Postagens Relacionadas

4 Respostas

  1. excelente !

    • Congelados da Sônia
      | Responder

      Obrigado. Ficamos felizes em saber que ajudou. 🙂

  2. Fernanda
    | Responder

    Olá pessoal, bom dia

    Me chamo Fernanda, tenho 22 anos e estudo na ESPM-SP (Escola Superior de Propaganda e Marketing), onde faço meu trabalho de conclusão de curso sobre alimentos naturais/saudáveis produzidos por alguma indústria (Pepsico, Coca-Cola, Kraft, Nestle, Danone, etc).

    Gostaria de solicitar a gentileza, aos que puderem, que respondam a pesquisa que segue no link abaixo.

    https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?pli=1&formkey=dEdqbmM4RVEwYndWNVJHcFdwbXVsYWc6MQ#gid=0

    NÃO se trata de vírus e são apenas 8 perguntas, muito rápidas e simples de serem respondidas. Apenas peço a gentileza de que respondam apenas aqueles que COMEM/COMPRAM para a família algum tipo de alimento natural/saudável (barrinhas de cereais, arroz, biscoito, macarrão, iogurte, etc) feito por alguma empresa grande.

    Se tiverem dúvidas, podem me enviar um e-mail no fefarusso@gmail.com

    Desde já agradeço a gentileza,

    Fernanda

    • Congelados da Sônia
      | Responder

      Fernanda, boa sorte com a pesquisa. Nós ficamos felizes em saber que você se interessa pela nossa linha de produtos saudáveis 🙂 .

      Congelados da Sônia

Deixe uma resposta