Alergia alimentar: o que é e quais são os tipos?

As doenças alérgicas estão cada vez mais em evidência. Entre os tipos de alergia existentes, é preciso destacar as alimentares, que atingem uma parte significativa da população. Mas o que é alergia alimentar? Quais são os tipos mais comuns?

O que é alergia?

Alergias são respostas exageradas do sistema imunológico após exposição a uma substância estranha ao organismo e que gera um estímulo externo.

E a alergia alimentar?

Basicamente, ela é uma reação indesejada ao consumo de um determinado alimento ou aditivo alimentar. No caso das alergias alimentares, a maioria dos casos são de origem não-alérgica ou devido às intolerâncias alimentares. Segundo a ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunologia), estima-se que as alergias alimentares atingem 6% a 8% das crianças com menos de 3 anos de idade e 2% a 3% dos adultos.

Há diferentes tipos de alergia alimentar?

A resposta para esta pergunta é sim. Há 2 tipos mais importantes de alergia alimentar que são observadas diariamente na prática clínica: a imediata e a tardia.

As reações imediatas são as mais conhecidas tradicionalmente, podendo se manifestar a partir de alguns minutos após o contato com a substância alergênica ou até horas após a exposição ao alimento. Ocorrem vermelhidão, coceira, urticária, diarreia e outros sintomas. Portanto, é muito mais fácil associar o alimento que provocou este tipo de problema. Apenas 2% das alergias alimentares pertencem a este tipo de reação.

Já as reações conhecidas como tardias, ou intolerância alimentar, respondem pela maior parte das manifestações alérgicas – ou seja, mais de 80% dos casos. Frequentemente, elas começam de algumas horas até 3 dias depois do primeiro contato com o alimento, que precisa ser ingerido várias vezes até aparecerem as manifestações. Portanto, fica mais difícil identificá-las, unir o nome à pessoa. A quantidade consumida e a frequência de ingestão é que determinam os sintomas, que podem ser atípicos (caracterizados por processos inflamatórios que podem se manifestar em diversos órgãos).

É estranho imaginar que sintomas como doenças de pele, rinite, cistite, regurgitação, flatulência, dores de cabeça, alterações de absorção intestinal, entre muitas outras possam ser manifestações de uma hipersensibilidade (alergia) alimentar tardia, não acha? Portanto, meu papel é quase o de detetive nesses momentos em que tento descobrir o problema, que pode ser até mesmo a causa de dificuldade em perder peso.

Ficou com dúvida? Então confira o vídeo abaixo!

_______________________________________________________________________________________________

silvia bretz

Dra. Silvia Bretz é Endocrinologista com especialização em Endocrinologia e Nutrição Médica.

Telefone para contato: (21) 3874 – 0500

Site: www.silviabretz.com.br

Email: atendimentoclini@silviabretz.com.br

 

Salvar

Salvar

Salvar

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta