A redenção do arroz

Apontado como fonte de carboidrato e pouco indicado para quem quer levar uma vida mais saudável, o arroz teve sua redenção quando surgiu a febre das dietas sem glúten, já que o cereal não contém essa substância.

Além disso, uma pesquisa feita pelo Baylor College of Medicine, centro de estudos localizados no Texas, Estados Unidos, comprovou que quem consome arroz diariamente – branco ou integral – tem no organismo menos gordura e mais minerais, como potássio, ferro e magnésio.  Além dos minerais, ele também é rico em vitaminas A, B1, B2, B3, B6 e E, que contribuem para a formação de glóbulos vermelhos e estimulam a regeneração celular.

A pesquisa concluiu também que adicionar o alimento ao prato todos os dias melhora a saúde por completo, ajuda a equilibrar a pressão arterial e os níveis de colesterol e, ainda por cima, previne o diabetes. O melhor jeito de consumi-lo? Aposte na deliciosa e tradicional combinação com feijão ou outra leguminosa, como lentilha ou grão-de-bico. Essa dupla é forte em proteína e se complementa!

Fonte: Marie Claire.

 

 

 

 

 

 

Postagens Relacionadas

Deixe uma resposta